Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Eu amo o Brasil e quero ser bênção para a minha nação construindo relacionamentos!

“Melhor é serem dois do que um...” (Ec 4.9)

Pr. Renato Costa - 11/10/15

Não é novidade dizer sobre a fragilidade dos laços humanos em nossa época. Num livro chamado Amor líquido, o sociólogo Zygmunt Bauman trata exatamente deste tema e coloca: “O principal herói deste livro é o relacionamento humano. Seus personagens centrais são homens e mulheres, nossos contemporâneos, desesperados por terem sido abandonados aos seus próprios sentidos e sentimentos facilmente descartáveis, ansiando pela segurança do convívio e pela mão amiga com que possam contar num momento de aflição, desesperados por ‘relacionar-se’” (p. 8). Sob a perspectiva do autor, em nossa sociedade contemporânea, homens e mulheres se encontram dispersos, carentes de vínculos mais profundos, inseguros quanto à necessidade de elos, que reconhecem serem necessários para um cotidiano mais leve, e também quanto às obrigatoriedades oriundas de qualquer comprometimento com o semelhante firmado mediante a construção de uma amizade ou de um matrimônio.

Diante deste dado social, portanto, científico, uma maneira de ser bênção para a nação do Brasil consiste em construir relacionamentos mais profundos, a despeito de todos os riscos implicados em qualquer relação. Deus não criou o ser humano para a vida solitária, a narrativa bíblica atesta para esta verdade, bem como o texto de Eclesiastes mencionado acima, antes, Deus o criou para a coletividade, para a parceria, para o companheirismo, portanto, para a vida em sociedade. Ainda que vejamos a promoção de uma individualização da vida cada vez mais contínua e em todas as esferas sociais, principalmente, da religião, todos nós sentimos a necessidade de ter com pessoas maior proximidade. Sendo assim, amados irmãos, construamos relacionamentos e sejamos, assim, bênção para esta nação! Somos hoje uma nação dividida politicamente, desigual socialmente e atrasada economicamente. Um Brasil que precisa de um relacionamento com o Salvador, Cristo Jesus, através de relacionamentos com os seus aqui neste mundo, com os seus pequenos cristos, os cristãos. Sim, meus irmãos, Deus deseja que o povo brasileiro tenha com ele relacionamento de intimidade, mas também deseja que o seu povo, os cristãos, eu e você, construa relações saudáveis com aqueles que ainda não o conhecem para que, desta forma, por seu intermédio, possam conhecê-lo. Não tema o diferente, não se constranja diante daquele que se lhe opõe, apenas, ame-o, considere-o, valorize-o, pois fazendo assim, você lembrará a pessoa de Cristo e será chamado de verdadeiro cristão. É em razão disto que Paulo conclui: Graças a Deus que sempre nos conduz vitoriosamente em Cristo e por nosso intermédio exala em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento; porque para Deus somos o aroma de Cristo entre os que estão sendo salvos e os que estão perecendo (2 Co 2.14-15).

A mensagem do evangelho deve ser anunciada para o mundo. A mudança que o evangelho provoca deve ser vivida intra-mundo, isto é, dentro do mundo. As promessas que no evangelho encontramos são expectativas para o hoje e para o além mundo, ou seja, para a realidade ainda por vir. Desta forma, eu e você podemos ser bênção para esta nação, porque conhecemos esta mensagem, experimentamos esta mudança e temos estas expectativas para o hoje e para o futuro ainda por vir. Ame o Brasil, construa relacionamentos, seja uma bênção!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com