Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Santidade como Vocação

“Para uma vida de santidade, todos nós levamos jeito” “Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santificação” (1 Ts 4.3 e 7)

Pr. Renato Costa - 07/02/16

O ano ainda está começando e já temos aprendido verdades preciosas a respeito do Reino de Deus. Iniciamos o ano com reflexões sobre a importância da oração, sobre como é bom participar da igreja, sobre a inevitável necessidade de se quebrar tabus e, no último domingo, refletimos também a respeito da fé. Passado o mês de janeiro então, começamos a falar um pouco mais a respeito da vida de santidade como a nossa vocação. Esta é a vontade de Deus para a sua igreja, ou seja, para cada um de nós (1 Ts 4.3a). Com este foco em mente, aprendemos que o viver em santidade é um chamado do próprio Deus para os seus filhos (“porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santificação” – 1 Ts 4.7), e se trata de um chamado do próprio Deus porque a santidade é o único caminho pelo qual nos assemelhamos mais com Cristo.

Podemos, portanto, pensar em santidade como uma vocação divina. Aquele, portanto, que passa pela experiência do novo nascimento em Cristo é um vocacionado a uma vida de santidade. Seguramente, você já ouviu alguém dizer: “eu não levo jeito para isso, para cozinhar, para futebol, para matemática, para falar em público, e assim por diante”, e isto porque cada um de nós sabe para o quê leva jeito e para o quê não leva jeito, seja em relação à vida profissional e também ministerial. Pois bem, a Palavra de Deus nos ensina no texto referido acima (1 Ts 4.7) que para uma vida de santidade “todo aquele que crê em Jesus leva jeito”. Em outras palavras, combina com o crente a vida de santidade. Combina com o crente o falar amável, o cuidado com o seu próximo, a conduta respeitosa e íntegra de vida no trato com os seus negócios, enfim, tudo isso combina com ele porque traz a sua própria lembrança, mas principalmente, à lembrança de outros que com ele convive a vida do próprio Senhor Jesus.

Só o que não combina com o crente é a vida em pecado, para isto, definitivamente, não levamos jeito uma vez em que já fomos resgatados desta vida de trevas que vivíamos outrora. O pecado não serve para nada, não acrescenta em nada, nada justifica e quando muda alguma realidade, o faz apenas para o pior, para tornar as coisas ainda mais difíceis.

Sendo assim amados irmãos, vamos viver a nossa vocação! Como escreve Paulo aos Filipenses: “Realizai a vossa salvação com temor e tremor” (2.12b). Se a vida de santidade é o único caminho pelo qual nos assemelhamos mais com Cristo, a falta de temor a Deus é o caminho mais rápido pelo qual perdemos esta semelhança. É Cristo quem restaura em nós a imagem de Deus na qual fomos feitos, imagem esta deteriorada pelo pecado, e isto acontece no trabalhar diário de Cristo em nossas vidas mediante a ação plena do seu Santo Espírito em nós. Por isso Paulo escreve: “portanto, quem rejeita isso não rejeita o homem, mas Deus, que vos dá o seu Espírito Santo” (1 Ts 4.8). Que assim seja irmãos para a honra e a glória do nosso Deus! Que a cada dia eu e você nos tornemos mais e mais parecidos com Cristo! Santidade é a nossa vocação!

Pense nisso! Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com