Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Sendo jovem como o jovem João Marcos

Pr. Renato Costa - 21/08/16

O evangelho de Marcos é aceito por um bom grupo de estudiosos como tendo sido o primeiro evangelho a ser escrito. A primeira referência ao autor do texto de Marcos, no entanto, aparece no próprio texto nos causando, num primeiro momento, estranheza: “Um jovem, vestindo apenas um lençol de linho, estava seguindo Jesus. Quando tentaram prendê-lo, ele fugiu nu, deixando o lençol para trás” (Mc 14.51-52). Este jovem é o próprio João Marcos, autor do evangelho. Ao que tudo indica, ele não fora apóstolo e, provavelmente, a sua conversão se deu posteriormente à experiência registrada acima.

Quando lemos o texto de 1º Pe 5.13, vemos Pedro se dirigindo a João Marcos como “filho”, ou seja, “filho na fé”. Sendo assim, é muito provável que Marcos tenha sido um fruto do ministério de Pedro, tornando-se também um de seus cooperados ministeriais, acompanhando-o em suas viagens e pregações e retirando daí o seu material para a composição do evangelho que futuramente seria escrito. Você pode notar também que, ao ser milagrosamente liberto das más intenções de Herodes, Pedro se dirigiu à casa de Maria, “mãe de João Marcos”, onde os discípulos estavam reunidos em oração a seu favor (At 12.12).

É também em Atos que vemos João Marcos deixando Jerusalém em companhia de Paulo e Barnabé rumo a Antioquia (At 12.25). Foi ele quem também os acompanhou naquela que fora a primeira viagem missionária de Paulo (At 13.4-5). João Marcos, por amar o evangelho e o Senhor do evangelho, Cristo, experimentou a crueldade da prisão juntamente com Paulo e outros cooperadores (Cl 4.10; Fm 23.24). Que jovem de valor! Há, inclusive, a hipótese de que ele tenha escrito o seu evangelho após o martírio de Pedro e também de Paulo no final dos anos 60 d.C., e com o intuito de encorajar um grupo de cristãos que vivia em Roma sob a intensa perseguição levantada por Nero. Por isso tudo, vale a pena ser um jovem como o jovem João Marcos!

Hoje o jovem se depara com muitos paradigmas, isto é, modelos daquilo que significa ser jovem. Há os paradigmas oriundos do universo artístico, como os cantores, atores, atrizes, entre outros, bem como aqueles que pertencem ao universo dos esportes, sobretudo no futebol. O jovem, então, escolhe um modelo dentre uma variedade de opções e o institui como um referencial para a sua conduta de vida. É este referencial quem determinará os comportamentos, as escolhas, as preferências e também o pensar do jovem que o escolheu. É a partir desta escolha também que o jovem construirá ou aperfeiçoará a sua identidade. De um modo geral e sob o ponto de vista sociológico, é assim que as coisas acontecem e é este o poder que toda figura midiática e artística detém sobre aqueles que o veneram. Bem, há também os referenciais de jovens que a Bíblia apresenta, tais como: João Marcos, além de Timóteo, Daniel, Josias, José e outros. Jovens que, a despeito das pressões de sua época, escolheram viver para a glória de Deus em obediência e temor. Assim como hoje, também havia riscos implicados nesta escolha, mas eles entenderam que valeria a pena correr tais riscos. No final, eles se deram muito bem, aliás, eu não conheço ninguém que tenha escolhido a Deus como opção de vida e que no final tenha se dado mal, isto seria impossível, pois Ele é o Senhor da vida e tem reservado o melhor para cada um daqueles que o buscam. Faça você também parte deste grupo seleto de jovens, os jovens que escolheram viver para Deus.

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com