Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

O segredo da primeira Igreja

Pr. Renato Costa - 16/10/16

O livro de Atos dos apóstolos narra os primeiros fatos relacionados aos primeiros cristãos. É o início da igreja cristã. A despeito de sua limitação de recursos, de uma doutrina ainda em construção, da falta de um padrão litúrgico razoável, da não possibilidade de um local fixo para as suas reuniões de culto, da ainda pouca compreensão acerca de tudo o que, de fato, ali estava acontecendo, bem como de todas as dinâmicas e desafios relacionados a qualquer viver que se proponha a ser comunitário entre indivíduos que pensam diferente, que têm expectativas diferentes e intenções distintas, enfim, a despeito de tudo isso, bem como de constantes hostilidades por parte de judeus e romanos que o tempo todo desqualificavam o valor daquela fé, rebaixavam a moral cristã e colocavam sob suspeita a conduta dos pequenos cristos (é isto que significa o nome “cristão”), a igreja crescia em número e em graça. Como? Ainda que realidades como estas eram vivenciadas no dia a dia da comunidade igreja, tornando, deste modo, desafiador e, sim, difícil, a vida no evangelho, lemos na narrativa bíblica de Atos que a mensagem de boas novas do Senhor alcançou, praticamente, todo o mundo conhecido daquela época. Apenas algumas décadas após a ressurreição de Cristo, o derramamento do Espírito Santo no dia do Pentecoste e, assim, o início da primeira igreja em Jerusalém, lemos em Atos que os cristãos estavam alcançando judeus e gentios (ou seja, todo aquele que não era judeu) de regiões como a Ásia Menor (atual Turquia), Acaia e Macedônia (atual Grécia), Dalmácia (atual Croácia, Bósnia e Herzegovina, e Montenegro), também do norte da África, Roma e Espanha na Europa, entre outras regiões. As grandes metrópoles do mundo antigo foram alcançadas pelo evangelho como Éfeso, Atenas, Alexandria, Corinto, Antioquia da Síria (esta com quase 500 mil habitantes de pessoas naquela época) e a própria Roma. Sendo assim, é inevitável perguntarmos: como era possível, uma vez que não tinham recursos? Que mágica faziam, quais acordos firmavam com governos e autoridades locais para que pudessem transitar no mundo daquela época fazendo convertidos, que modelo de igreja, técnica de evangelismo ou estratégia de missão dispunham que lhes permitiram avançar? O livro de Atos, certamente, deve conter a resposta a esta e outras questões e, de fato, contém.

Uma das razões, pela qual os cristãos foram capazes de cumprir com excelência a missão que haviam recebido do Senhor (fazer discípulos) e isto, a despeito das hostilidades e perseguições, bem como da limitação de recursos que tinham, entre outras necessidades, aparece ao longo de, praticamente, todo o livro de Atos, a saber, “eles permaneciam juntos o tempo todo”: todos eles se reuniam sempre em oração... (At 1.14); chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar (At 2.1); eles se dedicavam à comunhão... os criam mantinham-se unidos... todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo... juntos participavam das refeições... (At 2.42-47); todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo (At 5.42).

Amados irmãos, este é mais uma vez um desafio para a igreja cristã contemporânea. Em uma época que reforça o individualismo, o viver só para si, o “eu” vindo em primeiro lugar e a comunicação virtual que nos põe em contato, porém, separando nossos afetos e sufocando o sentido pelo excesso de mensagens, a Palavra do Senhor, no entanto, chama-nos para a comunhão, para o partir o pão de casa em casa, para o estar junto o tempo todo, para a coletividade, enfim, para o viver como igreja. Neste mundo teríamos aflições, disse Jesus. Mas, neste mundo, também temos Igreja. É preciso estar mais perto, é preciso estar mais junto, é preciso ser igreja!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com