Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

As mulheres cristãs em ação da Bíblia

Pr. Renato Costa - 30/10/16

A Bíblia é um livro fascinante. Suas histórias empolgam, encorajam, desafiam, enfim, chamam a atenção. Nós conhecemos as histórias de grandes homens de Deus e as contamos aos nossos filhos: Davi e Golias, Sansão e Dalila, Moisés desafiando os egípcios, José no Egito, Daniel na cova dos leões e ainda as histórias do Novo Testamento. No entanto, há também o relato de mulheres que fizeram a diferença em seu tempo. Servas do Senhor que pelo temor a Deus ousaram quebrar paradigmas, que desobedeceram a leis e governos, que desafiaram a força de tiranos. Assim se dá, por exemplo, no livro de Êxodo em seu primeiro capítulo. Conhecemos bem o contexto, o faraó, temeroso com a profecia acerca de um futuro libertador do povo de Israel, povo este que vivia sob os domínios egípcios já há mais de 400 anos, proclama um edito, a saber, que todo menino hebreu recém nascido deveria morrer pelas mãos de suas próprias parteiras. No entanto, elas desobedecem: “todavia, as parteiras temeram a Deus e não obedeceram às ordens do rei do Egito; deixaram viver os meninos” (v.17). Que coragem! Elas desobedeceram ao tirano mais poderoso daquele tempo pelo temor que tinham a Deus. Diz o texto ainda que “Deus foi bondoso com as parteiras” (v.20).

Conhecemos também a história de Raabe de Jericó. Ela, corajosamente, mentiu às autoridades de sua cidade quando disse não ter visto os espias hebreus. Seu feito é contado até mesmo na galeria dos heróis da fé em Hebreus 11. Em Juízes, lemos a respeito de Débora. Num tempo em que, pela ausência de liderança ou pela fraqueza da liderança existente, o povo fazia o que bem lhe parecia. Diz o capítulo 4 de Juízes que Débora era uma profetisa, colocada como líder do povo e que este mesmo povo a procurava, trazendo-lhe suas questões para que ela julgasse e decidisse (v.4). Foi Débora quem deu as instruções ao povo no ataque contra Sísera e seu exército. Homens e mulheres de Israel reconheciam que a Palavra do Senhor estava nos lábios de Débora e a respeitavam e a temiam por isso. No capítulo 5, então, lemos o cântico de Débora, ou seja, um poema cantado no qual ela expressava o sentimento de gratidão a Deus por conta de Suas grandes proezas em seu favor e em favor do povo. Entre os 31 versos que compõem o cântico, chamam-me a atenção os versos 21: “Avante, minh’alma! Seja forte!”; e também o verso 31: “Assim pereçam todos os teus inimigos, ó Senhor! Mas os que te amam sejam como o sol, quando se levanta na sua força”.

Há muito ainda a se dizer a respeito de Ana e de seu testemunho e desejo de honrar a Deus. Foi Ana quem consagrou Samuel, seu filho, ao Senhor: “Depois que o menino for desmamado, eu o levarei e o apresentarei ao Senhor, e ele morará ali para sempre” (1 Sm 1.22b). Há muito a se dizer a respeito de Noemi e Rute, de Isabel, de Maria, de Maria Madalena, de Lídia de Filipos, de Eunice e Lóide parentes do jovem pastor Timóteo e de tantas outras. Assim também há muito a se contar a respeito das mulheres da Igreja Batista em Vila Antonieta. Mulheres de valor, que temem a Deus e que fazem a diferença nesta igreja. Servas do Senhor, consagradas ao trabalho em prol do avanço da mensagem de salvação do Reino e glórias a Deus por isso! Envolvidas em missões, com os jovens, com as crianças, com o ensino, com o serviço, com o trabalho social, enfim, em todas as áreas e ministérios da igreja, que grande bênção!

Hoje a M.C.A. (Mulheres Cristãs em Ação) celebra mais um aniversário e nós louvamos a Deus pelas servas do Senhor desta igreja, pelo empenho na obra, pela dedicação e pelo privilégio e alegria de poder ouvir e reconhecer as palavras do Senhor nos lábios de muitas delas. Parabéns M.C.A., parabéns irmãs, que o Senhor as abençoe ricamente e as fortaleça na graça de Cristo Jesus, nosso amado Senhor e Salvador.

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com