Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz. Sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz (Mt 4.16)

Pr. Renato Costa - 18/12/16

Que povo era este que vivia nas trevas? E que trevas eram essas? O texto do evangelho de Mateus citado acima, fazendo referência ao nascimento do menino Jesus, aquele que nasceu para ser o Salvador do mundo, mostra o cumprimento de uma profecia anunciada pelo profeta Isaías (Is 9.2). Este povo era, primeiramente, o povo de Israel. Assolado pela tirania dos romanos, acusado pela lei judaica e oprimido pelo medo de não saber o que lhes aguardava, homens e mulheres experimentavam escuridão, a mais profunda e quase palpável. Mas, além disso, viviam em trevas ainda maiores, as trevas do pecado, assim como muitos hoje também! A presença do pecado em nossa natureza humana nos traz escuridão. Esta presença é tão forte e, às vezes, tão dominante que faz inclinar o coração humano a prática de coisas que não agradam a Deus, como vícios, maldades, maledicências, rancores e divisões. Alguns perdem a alegria da vida por não encontrarem mais razão para viver. Não é à toa que 400 milhões de pessoas, aproximadamente, já sofreram ou sofrem de depressão. Alguns estão mergulhados nas trevas das ansiedades e das preocupações, sendo por elas sufocados o tempo todo. 80% da população mundial têm dificuldades em acalmar os pensamentos, quase sempre agitados. Alguns já até mesmo perderam a esperança de dias melhores.

A ausência da luz de Deus no coração do ser humano dá espaço para que as trevas da desesperança, do ódio, da ira, da tristeza e, principalmente, da incredulidade preencham o mais íntimo do ser levando homens e mulheres criados à imagem e semelhança de Deus, importantes para Ele, a muitas derrotas e frustrações na vida.

A boa notícia é que nasceu o Salvador, Cristo Jesus, o Senhor. Pra você que, como o povo de Israel, está andando em trevas, Ele é a luz da vida. Disse Jesus: Eu sou a luz do mundo, quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida (Jo 8.12); Pra você que está com o coração atribulado, que sente que a sua vida é como um barquinho num meio de uma forte tempestade em alto mar, Jesus disse: Eu deixo-vos a minha paz, a minha paz eu vos dou (Jo 14.27); Pra você que perdeu a esperança de dias melhores, o Cristo afirma: Vou preparar-lhes lugar (Jo 14.2). Ele é o Maravilhoso Conselheiro, o nosso Deus forte, o Pai da Eternidade e o Príncipe da Paz (Is 9.6). Sim, Ele é chamado também de Emanuel, que significa, Deus conosco (Mt 1.23). Que promessa bendita e que verdade incontestável! Ele verdadeiramente está conosco todos os dias e em toda e qualquer circunstância, inclusive no sofrimento. Embora, às vezes, Ele o permita conforme os seus propósitos e planos que são sempre mais altos do que os nossos, Ele nunca nos abandona, antes permanece conosco, ao nosso lado, como um verdadeiro amigo, como um Pai e como um Deus. Portanto, vamos celebrar o natal, pois o nascimento do menino Jesus traz esperança para todo aquele que crê. Deixe que ele acenda uma luz em seu coração, deixe que ele apague as trevas de sua vida. Você crê?

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com