Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

O povo Batista levando a Esperança. PEPE FAZ 15 ANOS

Willy Rangel - 19/03/17

Em 2016, o PEPE completa 15 anos levando esperança ao coração de milhares de crianças, famílias e comunidades ao redor do mundo. O programa promovido por Missões Mundiais dá aos pequeninos a oportunidade de desenvolver seu potencial através de atividades de educação infantil.

Porém foi no ano 2000 que a então missionária em Moçambique, Terezinha Candieiro, conheceu o PEPE, um programa que tinha sido criado por missionários britânicos em São Paulo. Quando seus criadores estavam orando para expandir o PEPE a países de língua portuguesa na África, houve o encontro com a obreira da JMM, que estava há uma década no campo. Com apoio de Missões Mundiais, o programa socioeducativo foi apresentado à convenção batista em Moçambique, que o aprovou, permitindo a abertura da primeira unidade do PEPE Internacional, com 25 crianças, em 2001, na Segunda Igreja Batista da Beira.

Depois de Moçambique, o PEPE seguiu para outros países, como Paraguai, com o casal Carlos Alberto e Lídia Klava da Silva; Peru, com Joel e Lúcia Martiniano; e Chile, com o hoje casal aposentado Silas e Aldair Gomes.

“No primeiro semestre de 2016, foram contabilizadas mais de 14 mil crianças carentes beneficiadas diariamente pelo PEPE em 26 países na América Latina, África e Ásia”, destaca Terezinha Candieiro, coordenadora do PEPE Internacional.

Segundo Terezinha, o PEPE tem sido bem aceito na maioria dos países porque “atende às necessidades fundamentais das crianças que, de outra forma, não teriam acesso à educação e ao amor de Jesus”.

FRUTOS DO PEPE
A jovem Maria Ilda Alberto Ndatidzua, hoje com 19 anos, foi uma das 25 crianças da primeira unidade do PEPE, em Moçambique. Quando voltava para casa depois da aula, logo corria para contar tudo aos pais, e a família começou a prestar atenção. Ela concluiu o ensino pré-escolar no PEPE em 2003 e ingressou no primário no ano seguinte. A mãe de Maria Ilda diz que a menina se tornou muito esperta e estudiosa.

“O PEPE foi uma ferramenta importante na vida da minha filha, que se tornou o orgulho da família e está no primeiro ano da faculdade. Deus seja louvado por vocês que se dedicaram e se dedicam para instruir crianças no caminho em que devem andar, pois a minha Maria Ilda não se desviou do caminho em que foi ensinada”, diz a mãe da jovem. Na América Latina, o pequeno Marcos, conhecido como Marquito, também foi aluno do PEPE. Ele foi abandonado com a irmãzinha pelos pais, e a avó se tornou responsável por sua criação. No PEPE, sempre ouvia as histórias com muita atenção.

Certo dia, Marquito virou para o missionário Carlos Alberto da Silva e lhe disse: “Na minha casa, eu oro por você todos os dias, e um dia vou ser pastor como você para falar de Jesus a outras pessoas”. Ele tinha apenas 5 anos quando pronunciou essas palavras. Hoje, Marquito tem 17 anos e em 2017 irá para o seminário estudar para ser pastor. Testemunhos como esses mostram que, por meio do PEPE, muitas crianças têm acesso à educação e conhecem a Cristo.

“Sinto muita alegria e gratidão a Deus por fazer parte desse ministério e servir com uma grande equipe de irmãos e irmãs de outros países comprometidos com a causa do Evangelho e com as crianças”, conclui Terezinha.

POR WILLY RANGEL – Extraído da Revista Colheita – pág 26 | edição nº 66

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com