Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Porque vivo está, o amanhã enfrento!

Pois o que primeiramente lhes transmiti foi o que recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia, segundo as Escrituras... (1º Coríntios 15.3-4)

Pr. Renato Costa - 16/04/17

Esta frase lhe soa familiar? Eu creio que sim! É parte do refrão do hino 137 do hinário para o culto cristão: porque vivo está, o amanhã enfrento; sim, vivo está, não temerei; pois eu bem sei que é dele o meu futuro e a vida vale a pena, Cristo vivo está! Sim, meus irmãos, Cristo vivo está e este é o verdadeiro sentido da páscoa! Cristo veio a este mundo nascendo de forma natural como qualquer um de nós; Ele caminhou em meio a homens e mulheres errantes, hesitantes, incrédulos, corruptos e avarentos realizando coisas que nunca se havia visto até então; Ele entregou-se a si mesmo, de forma voluntária, à morte, tomando sobre si o peso dos pecados de cada um de nós; Mas a sua história não se encerra aqui, há mais um capítulo. Diz-nos a Bíblia que após três dias de sua morte, Ele ressuscitou e apareceu a muitos dando provas incontestáveis de sua vivacidade. Por tudo isso, louvado seja o Senhor!

Meus irmãos, não sejamos como Tomé, apóstolo que afirmou que creria se tão somente pudesse ver o sinal dos cravos nas mãos de Cristo. Jesus o repreendeu por sua incredulidade, aliás, não apenas a ele, mas a todos quanto duvidaram do relato daqueles que primeiramente haviam testemunhado tal maravilha (Mc 16.14). Não sejamos também como os crentes de Corinto, pois, como bem sabemos aqueles irmãos não conseguiam aceitar a possibilidade de vida após a morte. Paulo lhes escreve e, entre outras coisas, repreende tamanha incredulidade (1º Co 15).

A ressurreição é o fundamento da nossa fé. Muitos, antes, durante e depois de Cristo também morreram numa cruz. Era a sentença mais cruel imposta pelos romanos para aqueles que desafiavam a autoridade do império. Apenas os criminosos mais terríveis recebiam tamanha condenação. No entanto, lá estava o Cristo, o Filho do Deus vivo, suportando tamanha humilhação para dar-nos hoje vida e vida plena. Lá está o Cristo, contado entre os malfeitores, condenado pelo crime de fazer o bem, de cuidar de vidas, de amar de maneira incondicional e tudo isso para pagar o preço de nossos pecados. Sim, lá estava o justo pelo injusto, o inocente pelo culpado, o puro pelo impuro, o santo pelo profano. Mas, se foram muitos os que morreram numa cruz, apenas um, no entanto, venceu a morte e ressurgiu dentre os mortos: Jesus Cristo. Porque vivo está, o amanhã enfrento; Sim, vivo está, não temerei, pois eu bem sei que é dele o meu futuro, e a vida vale a pena, Cristo vivo está. Ele ressuscitou e prometeu estar conosco durante todos os dias até àquele grande dia, quando, enfim, Ele vier nos buscar para estarmos para sempre junto dele. Que bom é saber que aqui não estamos sozinhos. Que bom é saber que Jesus está vivo, junto do Pai e também conosco, bem aqui, junto de nós.

Portanto, não tema o amanhã, pois Cristo lá o espera. Não tema o futuro, pois o seu futuro já está nas mãos do Criador. Não tema o que poderá ou não acontecer, pois Ele, o Cristo vivo está adiante cuidando de tudo, antes, tão somente creia! Porque vivo Ele está!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com