Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Famílias que perseveram

Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu (Hebreus 10.36)

Pr. Renato Costa - 07/05/17

Maio é o mês que o povo batista dedica à reflexão sobre as famílias. Todos estamos certos de que a família é um projeto que nasceu no coração de Deus, assim, não duvidamos, o nosso Deus ama as famílias e deseja derramar todas as suas bênçãos sobre papais, mamães e filhos. Mas, para que possamos ver realizar-se no seio de nossas famílias as muitas promessas que Deus tem reservado para os seus filhos, é preciso perseverar e perseverar sempre. Fazer como a família de Abraão. Crendo na promessa de Deus, Abraão perseverou na fé, obedecendo e temendo ao Senhor durante todos os anos de sua vida. No final, viu cumprindo em sua vida e em sua família aquilo que Deus lhe havia prometido. É preciso perseverar como fez Jó também. Este servo do Senhor foi alvo das mais severas provações. Perdeu suas riquezas em grandes catástrofes, perdeu sua saúde e até mesmo seus familiares. No entanto, em meio a todas estas tribulações ele não pecou, antes, depositou toda a sua confiança em Deus e perseverou até ver realizando-se em sua vida novas e grandes maravilhas. No final de sua vida, Jó pode afirmar: meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram (Jó 42.5).

A Bíblia, desta forma, traz muitos exemplos de famílias que perseveraram, bem como do fruto que colheram pela perseverança. Como não lembrar também da família de Moisés, sobretudo seu papai e mamãe. O perverso decreto do Faraó ordenando que os bebês recém-nascidos fossem mortos, não intimidou Joquebede, mamãe de Moisés, antes, ela escondeu o menino, a despeito de todos os riscos, e ele foi salvo das maquinações de um líder cruel. Deus, por meio de Moisés, realizou um grande livramento em favor de seu povo. Podemos citar também a família de Sansão. Seus papais perseveraram orientando-o acerca do que era correto, apesar de sua rebeldia e de seu gênio quase indomável. No final, a semente de Deus que estava no coração de Sansão frutificou levando-o ao arrependimento.

Hoje, também as famílias cristãs precisam perseverar. A família, bem como o casamento, foi criada para a eternidade. Não há plano ou propósito de Deus na dissolução de qualquer família. Antes, o Criador deseja a permanência dos entes queridos em todo o tempo, superando as dificuldades do cotidiano com fé, temor, obediência e perseverança. O lar deve ser um castelo dos valores mais sagrados que Deus instituiu para as famílias, como o respeito, a honra, a integridade, a responsabilidade pelo cuidado mútuo, a solidariedade e a compaixão, entre outras coisas que precisam ser protegidas contra os inimigos da família. Sendo assim, vale a pena perseverar! Como nos encoraja o texto da carta aos hebreus, é preciso perseverar para alcançar tudo aquilo que Deus nos tem prometido.

Assim, durante o mês de maio estaremos refletindo mais sobre este tema a partir das experiências de muitas famílias da Bíblia. A minha oração é para que você e sua família se sintam mais encorajados a perseverar hoje e sempre!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com