Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Abraão, Sara e Isaque, uma família que perseverou

Pr. Renato Costa - 21/05/17

Quando o tema é famílias que perseveram, não poderíamos, em hipótese alguma, deixar de falar da família de Abraão, o pai da fé, o amigo de Deus. Deus lhe fez uma promessa: multiplicarei grandemente a sua descendência, tornarei famoso o seu nome e você será uma bênção (Gn 12.1-3). No entanto, Sara, esposa de Abraão, era estéril, não podia ter filhos. Os anos se passaram e Abraão não compreendia, de que maneira, a bendita promessa que Deus lhe havia feito, poderia se cumprir. Em seu desejo de ver-se realizando em sua vida e em sua família o cumprimento das promessas divinas, este servo do Senhor passou a fazer aquilo que nós, muitas vezes, também fazemos, a saber, tentar ajudar a Deus. Primeiramente, Abraão gerou um filho por intermédio de Hagar, serva egípcia de Sara. Desta relação conflituosa e que nos causa estranheza, nasceu Ismael, de quem descenderam os árabes (Gn 16). Deus, no entanto, afirmou não ser Ismael o filho da promessa (Gn 17.19). Abraão, então, propôs a Deus o seu servo Eliezer, como possível herdeiro das promessas divinas. Mas, Deus o rejeitou, passando a afirmar categoricamente que um filho nascido de Sara haveria de ser o descendente. Abraão é provado, porém, para ser aprovado. Com 100 anos, então, vê nascer de Sara, sua esposa já com 90 anos, Isaque, herdeiro das promessas, o fruto bendito de um verdadeiro milagre (Gn 21).

Os dias se passaram e, mais uma vez, de maneira surpreendente, Deus provou Abraão pedindo-lhe que este lhe oferecesse Isaque como um sacrifício ao Senhor. Imaginem o nó nos pensamentos de Abraão, imaginem a confusão em suas emoções: aquele filho amado, tão esperado, tão almejado, agora deveria ser oferecido em sacrifício a Deus! Certamente, não foi fácil atravessar tudo aquilo, até mesmo para aquele homem que cultivava um relacionamento tão íntimo com Deus. No entanto, a despeito de suas dúvidas, de seus medos e de toda a sua incompreensão, ele obedeceu movido por santo temor. Qual não foi a sua surpresa, porém, quando, ao preparar-se para dar fim à vida do próprio filho, ouvir do céu uma voz que lhe ordenava: Abraão! Abraão! Não toque no rapaz, não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou o seu filho, o seu único filho (Gn 22.11-12). E o Anjo do Senhor ainda lhe acrescentou: Juro por mim mesmo, declara o Senhor, que por ter feito o que fez, não me negando o seu filho, o seu único filho, esteja certo de que o abençoarei e farei seus descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e como a areia das praias do mar. Sua descendência conquistará as cidades dos que lhe forem inimigos e, por meio dela, todos os povos da terra serão abençoados, porque você me obedeceu (Gn 22.15-18).

Que testemunho maravilhoso Abraão nos deixou! Apesar de não compreender com clareza os planos de Deus, ele decidiu obedecer, perseverar e agir por fé. Quando questionado pelo menino Isaque acerca de onde estaria o cordeiro para o holocausto, Abraão apenas lhe respondeu: Deus mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho! (Gn 22.8). Aquele homem não tinha todas as respostas, mas tinha toda a fé necessária para suportar aquela provação com perseverança até que fosse aprovado, e assim lhe sucedeu. Com Abraão e sua família aprendemos muitas coisas. Deus tem um tempo, uma maneira e uma circunstância apropriada para cada um de seus propósitos. De nossa parte, é preciso confiar, ainda que não entendamos os planos e o tempo de Deus, esperar com paciência no Senhor e viver por fé. Vale a pena perseverar como família e, no temor do Senhor, obedecer aos seus mandamentos. No final, colheremos as bênçãos das suas promessas pelo caminho da perseverança!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com