Leve Esperana At que ele Venha
palavra pastoral

Home » Mensagens » Palavra Pastoral

Palavra Pastoral

Transformados para transformar

Pr. Renato Costa - 18/06/17

Podemos resumir na frase acima o propósito da igreja cristã do primeiro século. Os discípulos, chamados de cristãos, termo cujo significado é “pequenos cristos”, haviam sido transformados admiravelmente pelo poder da graça de Jesus. O amor de Deus os havia atingido de tal maneira que em suas vidas tudo havia sido feito novo. Assim, escreveu Paulo aos irmãos em Corinto: Aquele que está em Cristo é nova criatura. As coisas velhas já passaram e eis que tudo se fez novo (2 Co 5.17). De fato, tudo havia sido renovado e as mudanças começaram do interior, de dentro para fora. Eles descobriram em Cristo uma paz profunda, uma alegria abundante, uma esperança viva e, com isso, um novo horizonte de vida. Tudo isto como fruto de uma experiência verdadeira com Deus, uma experiência de conversão. Agora, em sendo transformados pelo poder do evangelho, agiam para transformar a cidade na qual habitavam. Em Jerusalém, Tessalônica, Atenas, Éfeso, Filipos e em tantas outras, aqueles cristãos foram capazes de transformar o dia a dia de muitas cidades com um testemunho impactante. Nenhuma declaração pode resumir melhor o impacto das mudanças que estavam em curso do que aquela que encontramos no texto de Atos 18.6, quando judeus, invejando a ousadia, convicção e esperança de Paulo, afirmaram em tom de acusação: esses homens, que têm causado alvoroço por todo o mundo, agora chegaram aqui. De fato, um grande alvoroço por todo o mundo conhecido daquela época estava acontecendo, mas sim uma renovação de amor, de esperança e de salvação.

Também hoje os pequenos cristos são chamados a impactar o mundo pelo poder do evangelho. Este evangelho que transforma de dentro para fora nos alcança para que, então, possamos dele testemunhar a fim de que mais e mais pessoas venham a ser salvas da condenação do pecado pela graça salvadora de Cristo Jesus. Quando isto acontece, uma grande revolução ou um grande alvoroço, certamente, pode ser testemunhado. Amor, paz, alegria, segurança e a certeza de que há alguém cuidando do nosso futuro, enfim, novidade de vida proporcionada pelo Senhor, pode impactar as nossas cidades para a honra e a glória do nosso Deus.

Esta é a história do endemoninhado de Gadara (Mc 5) também. O texto narra a história de um homem que vivia em trevas. Possuído por espíritos malignos, o texto bíblico nos diz que ele vivia nos sepulcros, gritando fortemente, cortando-se e nem mesmo correntes eram fortes o bastante para prendê-lo. Porém, o poder de Jesus sim. Ele foi liberto pelo poder do evangelho e, pedindo a Jesus permissão para acompanhá-lo, o Senhor, no entanto, lhe respondeu: Vá para casa, para a sua família e anuncie-lhes quanto o Senhor fez por você e como teve misericórdia de você (v.19). Assim, diz o texto que aquele homem se foi e começou a anunciar em Decápolis o quanto Jesus tinha feito por ele (v.20). Ele foi transformado para transformar. Da mesma forma, cada um de nós. Vamos percorrer a nossa São Paulo por amor aos perdidos!

Pr. Renato Costa

© 2013 - 2017 - Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta - Todos os Diretos Reservados

Igreja Evangélica Batista em Vila Antonieta
Rua Antonio Neto Caldeira, 500 - CEP 03475-040 - Vila Antonieta - São Paulo - SP
Tel.: (11)2724-6258 - igrejabatista.vilaantonieta@gmail.com